Personal tools

Skip to content. | Skip to navigation

Sections
You are here: Home / Editora Rede Unida / Biblioteca Digital / Série Saúde, Ambiente e Interdisciplinaridade

Série Saúde, Ambiente e Interdisciplinaridade

by Davi Duarte last modified 22/04/2016 14:44
Esta série tem como tema, a educação na saúde, partindo do entendimento que ainda constata-se grande distância entre as diretrizes legais para a educação na saúde e o cotidiano do Sistema Único de Saúde. Trata-se de um tema cujo debate contemporâneo tem salientado a construção de novas práticas acadêmicas e a internalização de novas posturas profissionais como objeto das políticas de educação e saúde, com êxito apenas parcial. É sabido que políticas nacionais de educação na saúde vêm induzindo processos de mudança na formação dos profissionais da denominada “Área da saúde”, no entanto - para além da carga horária e dos conteúdos obrigatórios - o perfil dos egressos de cursos superiores (ou não) é o que deve estar no centro da discussão. Por meio desta série se quer oportunizar espaço de socialização de conhecimento útil à gestão e às instituições formadoras, partilhando experiências potentes em educação na saúde.

“Neste  trabalho  há  10  manuscritos  inéditos,  que são desdobramentos de dissertações de duas turmas do Programa de Pós-Graduação – Mestrado em Saúde Coletiva e,  também,  de  artigos  originários  da  Residência  Médica – Medicina de Família e Comunidade da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC). Com 56 anos de existência, somente em 1999 foi reconhecida como Universidade e passou a fazer parte da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (ACAFE), que congrega fundações criadas por lei municipal, como o caso da UNIPLAC e pelo Estado, como o da Universidade de Santa Catarina (UDESC). A obra é dividida em três capítulos compostos  por  artigos  nas seguintes temáticas: Capítulo 1 – DIMENSÕES DA SAÚDE:  ampliando o olhar sobre integralidade e a centralidade de dados populacionais – contemplando a percepção de profissionais  de  equipes  de  saúde  da  família,  enfatiza  a importância de discussão acerca do tema da integralidade no cotidiano das práticas das equipes de saúde da família. Além disso, evidencia a centralidade de resultados de pesquisas que contemplem dados advindos, neste caso, de inquérito de base populacional, uma vez que há inúmeros aspectos  que  podem  subsidiar  as  linhas  de  cuidados prioritárias e que são trazidas à luz a partir de situações e problemas de saúde específicos. O  Capítulo  2  –  PRODUÇÕES  CIENTÍFICAS  DA RESIDÊNCIA:  diálogos  sobre  cidadãos  e  equipes  de  saúde –  contempla  três  artigos,  frutos  de  trabalhos  de  final  de curso de residentes de Medicina de Família e Comunidade, demonstra  as  múltiplas  possibilidades  de  pesquisa e contribui para ampliar, no processo de formação e educação profissional, a interlocução entre os atores sociais envolvidos na assistência e no cuidado à saúde. O  Capítulo  3  –  RELAÇÕES  TERRITORIAIS, COMPLEXIDADE DE PROBLEMAS AMBIENTAIS E SAÚDE DO TRABALHADOR – contempla dois estudos que apresentam a importância da abordagem interdisciplinar para objetos complexos de pesquisa, como aqueles situados na interface entre  ambiente  e  saúde,  com  metodologias  criativas  e inovadoras.” Trechos da apresentação.

Interiorização da Educação e Repercussão na Formação Profissional

Organizadores: Izabella Barison Matos e Maria Conceição Oliveira.


 

 

Nordeste 1 Nordeste 2 Centro-Oeste Sudeste Sul
Calendário
« Dezembro 2018 »
Dezembro
DoSeTeQuQuSeSa
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031