Personal tools

Skip to content. | Skip to navigation

Sections
You are here: Home / Notícia / Planejar e Dimensionar a Força de Trabalho: início da formação para encarar o desafio

Planejar e Dimensionar a Força de Trabalho: início da formação para encarar o desafio

by Assessoria de Comunicação Rede Unida last modified 11/06/2017 10:06
Brasília recebeu na última semana, de 06 a 09 de junho de 2017, o primeiro encontro presencial do curso para formação na Metodologia de Planejamento e Dimensionamento da Força de Trabalho para os Serviços Fixos Hospitalares e Pré-Hospitalares de Urgência e Emergência.

Este momento presencial faz parte do projeto “Desenvolvimento de Metodologia de Planejamento e Dimensionamento da Força de Trabalho nos Serviços Pré-Hospitalares Fixos e Hospitalares de Urgência”, objeto de colaboração técnica entre a Rede Unida e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS), fruto da demanda do Ministério da Saúde, através do Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho em Saúde (DGERTS), da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES).

A iniciativa busca contribuir para a melhoria e fortalecimento do Sistema Único de Saúde por meio do oferecimento de um instrumento de gestão do trabalho capaz de auxiliar no planejamento da força de trabalho da rede de urgência e emergência de todo o país.

A formação iniciada nesta semana trata-se de uma proposta de formação-intervenção-avaliação, na qual os estados participantes terão a oportunidade de eleger componentes da sua rede de urgência e emergência para realizar um diagnóstico, planejamento e dimensionamento da força de trabalho, validando os materiais e instrumentos produzidos pela equipe do projeto, de forma que, ao final do curso, as ferramentas desenvolvidas colaborativamente possam ser disponiblizadas abertamente para todos os gestores e trabalhadores do SUS.

Estiveram presentes na abertura do primeiro dia do curso: o Secretário da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, Rogério Luiz Zeraik Abdalla, para o qual “o dimensionamento é um desafio da gestão”. Haroldo Pontes esteve representando o CONASS, Márcia Pinheiro o CONASEMS, Marcelo Pedra Machado o Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Júlia de Albuquerque Pacheco o Departamento de Atenção Hospitalar e Urgência da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Mônica Padilla a Organização Pan-Americana da Saúde, além de trabalhadores das áreas de Atenção Básica, Urgências, Gestão Hospitalar e Gestão do Trabalho, dos estados participantes do Curso: Ceará, Paraná, Amazonas, Goiás, Tocantins e Distrito Federal.

O planejamento e o dimensionamento da força de trabalho no SUS ainda são um desafio, visto que gestores e técnicos, na maioria das vezes, tem pouco contato com metodologias que indiquem a força de trabalhado necessária para a contratação e fixação de trabalhadores de forma a atender as necessidades reais do usuário do sistema. Por isso, esta formação busca tessituras entre educação, saúde e sociedade a partir da Educação Permanente,  integrar as equipes multiprofissional de trabalhadores capazes de realizar leituras de cenário, identificar problemas e propor soluções no cotidiano de sua prática profissional. Garantindo que os produtos extrapolem o planejamento e dimensionamento da força de trabalho, e sejam estratégias de desenvolvimento de expertise que contribuam com a consolidação do processo e a qualificação da gestão do trabalho nos territórios e redes de atenção do SUS. Pretende-se que os alunos participantes constituam-se em orientadores e disseminadores locais de um planejamento da força de trabalho a partir das necessidades dos usuários e que possam contribuir para o desenvolvimento futuro da construção de redes de urgências e emergências, que garantam acesso e qualidade, portanto, redes cuidadoras.

O projeto de desenvolvimentos de metodologias, do qual a formação é umas das  etapas, é coordenado pela Profa. Dra. Lisiane Boer Possa, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, integrante da Rede Unida, e conta com uma equipe de pesquisadores e trabalhadores do SUS. A formação ocorrerá até setembro, tendo uma carga horária de 180 horas, destas 48 presenciais e 132 realizadas em Ambiente Virtual de Aprendizagem, com o apoio de tutores.

O encerramento da formação contará com um evento presencial, também em Brasília, no qual os estados formados apresentarão as análises de rede, os serviços escolhidos para compor o escopo do projeto e seus dimensionamentos, além de coletivamente validar-se a versão final dos materiais didáticos e das ferramentas de apoio.

Seguimos acompanhando este processo!

Fotos: Márcia Pinheiro (CONASEMS)
Filed under:
Insert Alt Nordeste 1 Nordeste 2 Centro-Oeste Sudeste Sul
Calendário
« Agosto 2018 »
Agosto
DoSeTeQuQuSeSa
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031